terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Mestra Kwan Yin



- Kwan Yin (Kuan Yin) -


"Na mitologia chinesa, Kuan Yin é conhecida como a Deusa da Compaixão e da Misericórdia. Ela existiu como pessoa, igual a todos nós e somente depois de sua morte foi transformada em Deusa.
Também conhecida como Quan'Am (no Vietnã), Kannon (no Japão), e Kanin (em Bali). Ela cobre as planícies alagadas do Oriente, do Egito à China. E é venerada em todo o mundo por milhões de pessoas, que a consideram o símbolo máximo da pureza espiritual.

Esta Deusa enquanto viveu, percorreu o mundo, viu muita dor e então, jurou proteger e amparar todos os humanos até que o último sofrimento acabe.

(...)

Kuan Yin, cujo nome significa "aquela que ouve os lamentos do mundo" é boddhisatva da Compaixão no budismo chinês. Ela vive em uma ilha paradisíaca de P'u T'o Shan, onde ouve todas nossas preces. Todos que trabalham com sua energia, sabem o quanto ela é doce e sutil, mas também o quanto é poderosa. Somente a menção de Seu Nome alivia o sofrimento e as dificuldades. Mesmo tendo alcançado a iluminação, Ela optou por permanecer no mundo dos homens.

(...)

Exatamente igual a Ártemis, Kuan Yin é uma deusa virgem que protege
todas as mulheres e crianças.

A simplicidade que esta Deusa da Clemência gera ao seu redor e entre seus devotos, é de um forte sentimento de fraternidade universal.

Seus padrões morais e humanos tendem a nos conduzir para nos tornarmos mais compassivos e misericordiosos.

Kuan Yin aparece nas nossas vidas para dizer que está na hora de alimentarmos nossos corações com a compaixão. Compaixão pelos outros e também por nós mesmos.

Você se importa pelos sentimentos dos outros? Ou não se interessa? O que lhe afasta da compaixão? Você é daquelas pessoas que fere antes de ser ferida?
Tem medo de abrir seu coração?

Compreende-se por compaixão a capacidade de ouvir, de dar aos outros e a si mesma um espaço para experimentar tudo que deve ser experimentado e sentido.

Não fuja de seus sentimentos, a jornada da vida nos presenteia com inúmeras vivências, que devem ser degustadas nos fazendo desenvolver a compaixão por nós mesmos, assim como pelos outros. De tal modo, esta maneira, fácil e confortável de pensar, levará o mundo lentamente, mas inevitavelmente, a se tornar um lugar melhor".




Fonte:
http://www.rosanevolpatto.trd.br/deusakuanyin.html

Imagem: Internet


4 comentários:

Tereza Kawall disse...

E como precisamos destas divindades... cada vez mais, obrigada pela mensagem, meu carinho

Tereza

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Tereza, cada uma delas se bem integrada a nós, propicia o nosso tão necessário religar. Beijo Afetuoso.

Maria José disse...

Nesta época em que todos nós nos tornamos mais sensíveis, dediquemo-nos à reflexão sobre nossos compromissos com Ele, que ofereceu-se ao sacrifício por amor a nós.
Natal é um precioso momento de agradecer a benção de estar vivo!
Momento de agradecer por todas as nossas conquistas!
Momento de entendermos também os nossos fracassos!
Momento de compreender o poder que está dentro de nós!
Momento de sonharmos com o nosso futuro!
Que saibamos transformar tudo em uma boa experiência!
Que saibamos olhar o outro e o mundo com generosidade!
Agradeçamos pela vida, pelo que foi possível e pelo que não foi possível de ser realizado em 2009.
Agradeçamos pelos que estão perto de nós, com os quais compartilhamos a vida, o trabalho, a dor, a alegria, os blogs.
Abramos espaços em nossos corações e deixemos que o Menino Jesus faça dele a sua morada e realize em nossas vidas seu plano de amor.
Que você vibre com alegria em todos os momentos e que neles esteja sempre presente o Amor!
Feliz Natal e um 2010 recheado de alegrias.

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Querida Maria José, que bela inspiração! Você mencionou pontos essenciais: a gratidão, a aceitação, a compreensão e a abertura interna para sentirmos o divino em nós. Esta linda composição nos favorece a elaboração de nossas vivências. Agradeço profundamente esta sua linda reflexão. Que seu coração possa sempre abrigar o Amor e em sua alma a Paz se faça presente! Um Natal maravilhoso e lindas surpresas no Ano que se aproxima! Beijo.