segunda-feira, 5 de outubro de 2009

"SOBRE FADAS E POETA"



Quando pequena, sonhava ser fada,
Que desnudava o mundo concedendo desejos
Com sua varinha de condão

Hoje, sou poeta
Meu condão é minha pena
Que pelas linhas fabrica
Mundo de utopia e aspiração
Ou apenas traduz minh’alma
Translúcida e peneirada
Pela latitude zero
Entre a ponta da esfera
E a celulose e o jargão

Para muitos, enigmático e inexplicável
Este viver bifurcado entre
As leis e os versos
A razão e a emoção
A necessidade e a distração

No entanto,
Eu só sobrevivo
Porque faço do meu poetar
Verdadeiro ofício
A poesia do meu ser
É o que me faz, dia após dia
Renascer




Caroline Schneider
Publicado no Recanto das Letras em 01/04/2007
Código do texto: T433921


Imagem:
Vale of The Fairies by Ranellart



10 comentários:

Jeanne disse...

olhar a vida com as lentes da poesia é mesmo quase que uma terapia, podemos colorir a realidade com as cores da emoção, eu acho isto muito legal.
Beijos

Psiquismo Desmistificado disse...

Belíssimo
Abraços
Excelente semana

Norma Villares disse...

O mundo encantado das fadas devolve o brilho nos olhos, com sua simplicidade luminosa.

É só voar...


Obrigada Adélia pela visita e comentário.
Abraços brilhantes

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Jeanne, a poesia é um recriar da realidade objetiva, subjetiva, indo muitas vezes além. Com isto, internamente estamos sendo tocados e reformulados. Beijo.

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Psiquismo Desmist., grata! Uma ótima semana! Abraço.

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Norma, sinto um pouco assim como você, estes seres maravilhosos que são as fadas. Beijos.

Meu Perfil disse...

Gente, quanta doçura em poucas palavras, lindíssimo Adélia!
bjk
Tereza

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Tereza, tal doçura, já inicia pelo próprio título. Ainda tentarei o contato com esta escritora. Beijos.

*Caroline Schneider* disse...

Querida! Muito obrigada por seu recado carinhoso e por teres postado o meu poema! Agradeço também tão graciosos comentários de teus leitores!
Achei perfeita a imagem que colocastes em conjunto à poesia.
Seja sempre bem-vinda a minha escrivaninha no Recanto das Letras e desejo muita felicidade e sucesso em tua vida! Beijocas estaladas!

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Caroline Querida, que alegria encontrar seu comentário tão carinhoso! Seja sempre bem-vinda aqui! Visitarei seu cantinho no Recanto das Letras mais vezes, com enorme satisfação. Desejo o mesmo para você! Beijos. Meu afeto.