segunda-feira, 26 de outubro de 2009

ALGUMAS EXPERIÊNCIAS PESSOAIS --- PRECOGNIÇÃO III


- Precognition -


Citarei algumas das minhas vivências, envolvendo o conhecimento antecipado de um fato que estava por ocorrer (Precognição).

Alguns de meus sonhos não eram simbólicos; mas, sim, envolviam
cenas que posteriormente ocorriam.

Em outros momentos, acordada, eu tinha flashs (cenas) mentais, ou avisos mentais
através dos quais, já me preparava para o que estava por vir.

Comentava em minha Terapia, meus sonhos. Os mesmos eram interpretados simbolicamente. Porém, alguns ocorriam posteriormente. Comecei a relatar isto para minha terapeuta. A partir daí, quando sentia que eram premonitórios, eu os relatava, mas ela já não os traduzia. Era uma excelente Psicóloga e me compreendeu muito bem, me dando o suporte que me era necessário. Sou muito grata a ela, por todo o período de análise em que estivemos juntas.


Para ilustrar, aqui vão algumas vivências minhas:

1) Aos 16 anos, durante a época de Colégio, gostava muito da didática de um professor de Trigonometria. Tive um sonho em que a Coordenadora, entrava em sala de aula e informava da saída de tal professor e a entrada de outro bem mais jovem. Lembro-me que no momento, fico chateada. Gostava muito dele. E me dizia internamente, se me adaptaria ao outro. Exatas, não era o meu forte, apesar das notas boas que conseguia.
No dia seguinte, durante o período de aulas, eis que entra a cena do meu sonho, na realidade. Sorte, que havia comentado com minha colega um pouco antes. Quando ocorre o fato, ela me olha com espanto e faz um ar exclamativo. Eu fiquei perplexa, pelo sonho estar se realizando e ser real então a mudança, entrando em sala o tal professor bem mais jovem. Felizmente, me adaptei ao seu método e consegui me sair bem na disciplina.

Nesta época, eu ainda não me dava conta destas minhas percepções.


2) Quando meu filho era bem pequeno, por volta de seus 5 anos de idade, ficava na Escolinha no período da tarde. Chegava com a perua escolar no final da tarde, pois eu trabalhava período integral na Clínica. Conseguia às vezes chegar em casa no final da tarde para estar com ele.
Em uma das noites, sonho que quando ele retorna da Escolinha, eu já estava em casa, na cozinha preparando seu jantar. Ele abre a porta e ao subir a escada (a casa era um sobrado) leva um tombo e machuca a boca, sangrando muito. Eu desço correndo na sua direção , com a preocupação de ter afetado a parte óssea e dental. Imediatamente o levo para fazer o RX, mas felizmente estava tudo bem.
Isto realmente ocorre, posteriormente. Quando da cozinha, ouço um barulho forte e ele me chamando chorando; lembro imediatamente do sonho. Corro com o coração disparado e presencio a mesma cena. Vou até o dentista, é feito o RX pois ele queria investigar a parte óssea. Aguardo na sala de espera, ao que o profissional sai sorridente, me dizendo que estava tudo bem.


Até este momento, eu estava me adaptando ao que eu sentia, prevendo fatos agradáveis e desagradáveis. Os desagradáveis, incluíam: doenças, acidentes, mortes de pessoas queridas, amadas, familiares; rupturas amorosas; etc.

Após um certo tempo, já conseguia distinguir bem nuances que me indicavam quando o sonho era premonitório. Assim, como quando o pensamento que "entrava" subitamente, ou cenas que eu via (estando acordada), eram reais e estavam por ocorrer.
Isto de certa maneira, me prepararva anteriormente a enfrentar as situações que podiam ser diretamente comigo, com pessoas conhecidas e/ou familiares. Confesso que as situações de perda por morte eram as mais difíceis para mim. A partir daí, comecei a ter uma visão diferente da Vida e da Morte.

Percebi também, que nem tudo é controlável. Há fatos que mesmo sabendo anteriormente, a intervenção para alterá-los, não se faz possível.

A aceitação com a questão da impermanência (fatos, pessoas, situações), que tanto a filosofia oriental trata, foi ficando mais acessível para mim.

A continuidade da Vida pós Morte, mais avivada em meu ser, pelas visões e contatos que são estabelecidos com seres espirituais.

Enfim, a minha transformação foi grandiosa, com estas experiências que
permeiam minha Vida constantemente.

Creio que para tudo há um propósito na Vida.
Um deles era ampliar meu trabalho clínico inserindo esta minha aptidão. Quando me senti preparada, assim o fiz. O resultado é magnífico no andamento da terapia!


Darei continuidade a este tema gradativamente, em outros posts.



Adelia Ester Maame Zimeo

Imagem:
www.divine-light-healing.com/.../index.html

8 comentários:

Psiquismo Desmistificado disse...

OLá minha amiga
É muito bacana esse dom que Deus lhe ofereceu.
Com certeza temos propósitos na vida. Sempre digo que precisamos descobrir quais são nossos caminhos.
Caminhos que nos propiciem evolução como seres, afinal por isso estamos aqui.
O seu dom tem grandes propósitos.
Abraços fraternais

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Pisq. Desmistificado, cada qual tem seu dom que é compatível com sua missão. Acima de tudo, a evolução pessoal, como bem citou você, quando bem aproveitado o dom que cada ser traz consigo. Grata pelo comentário! Abraços.

Meu Perfil disse...

Esse dom implica em muita responsabilidade , discernimento, e imagino, doação. Conte mais quando puder, e siga sempre bem amparada no plano espiritual para realizar esse lindo trabalho com maestria, inspirando e ajudando pessoas. O universo agradece!( e carece..)
bjk
Tereza

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Tereza, mantenho todos os cuidados necessários: conhecimento, pesquisas constantes procurando as confirmações do que sinto, além da medida exata até onde o outro pode ter conhecimento ou não. Quanto a isto sou extremamente exigente. O meu lado intelectual e racional me auxilia permitindo que eu não fique divagando nas nuvens, sem pés no chão. Tento dosar com um relativo equilíbrio. A doação é parte intrínseca do mesmo, sem dúvida. Sinto todo o amparo espiritual que vem em minha direção, em todos osmomentos em que se faz necessário. Grata, de coração, por suas palavras tão sábias e ternas. Que assim seja! Beijos.

Jorge disse...

Lia!!!!

Tem mais um selo prá você, no meu bloguinho.
Passa lá. tá bom?

Com amor de sempre,
Jorge

Dani Leão disse...

Adélia,

Estes dons são muito lindos! E mais linda ainda é a maneira como você utiliza suas potencialidades, sempre com muito discernimento e amor...uma pessoa linda, refinadíssima em todos os sentidos!!
Me sinto MUITO feliz por poder entrar em contato com uma energia tão boa e sutil como a sua!!...por poder de certa forma 'tocar' esses lados ao observar e ler seus textos e relatos...admiração!!

Beijos!!

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Dani, este seu retorno tão sincero e carinhoso me é muito gratificante. Saiba que a felicidade é mútua, pois também tenho a oportunidade de acompanhar a trajetória de vida de um ser muito bonito como você! Que bom saber que estes textos tem uma ressonância tão significativa em você! Muito Obrigada! Beijos.

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Dani, além do mais, não é todo mundo que tem o privilégio de ter uma co-terapeuta como eu. Beijinhos. Meu carinho.