quinta-feira, 4 de março de 2010

"Vida de Chico Xavier chega aos cinemas brasileiros em abril"

Por: Último segundo - Cultura 12/02/2010

"Em abril, a vida de Chico Xavier estará nos cinemas. É quando estreia 'Chico Xavier, o Filme', uma das principais apostas da Globofilmes para 2010. Atrás das câmeras, está Daniel Filho... E essa não será a única produção de peso ligada ao tema do ano: no segundo semestre, serão lançados os longas 'As Mães de Chico Xavier' e 'Nosso Lar', adaptação de um dos livros de maior sucesso de médium.


Essa verdadeira avalanche de filmes tem uma boa explicação: o sucesso do filme "Bezerra de Menezes". Feito com poucos recursos e apostando basicamente na divulgação boca a boca, o longa foi uma das maiores surpresas do cinema brasileiro recente. Lançado em 2008, teve um público de mais de 500 mil pessoas nos cinemas e já vendeu 44 mil cópias em DVD.

'Chico Xavier, o Filme' acompanha a vida do médium desde a infância em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, até a idade adulta (quando é vivido por Ângelo Antônio) e velhice (interpretado por Nelson Xavier). Um episódio em especial é destacado na trama: o julgamento de um assassinato em que Chico depôs após supostamente ter entrado em contato com o espírito da vítima.

Tony Ramos e Christiane Torloni são os pais do rapaz morto. O elenco ainda tem nomes como Giovanna Antonelli, Letícia Sabatella e Paulo Goulart. Por enquanto, a Globo Filmes ainda não divulga o número de cópias com que o filme vai estrear, nem qual é sua expectativa de público. Mas, pela força do tema e pelo peso dos profissionais envolvidos, o longa já é um dos lançamentos mais aguardados do ano.

Divulgação
Nelson Xavier (esquerda), como Chico Xavier

O roteiro, de Marcos Bernstein, foi baseado no livro 'As Vidas de Chico Xavier', do jornalista Marcel Souto Maior. Publicado em 1994, é a mais completa biografia do médium mineiro. "Fiquei muito feliz com o caminho escolhido por ele e Daniel Filho para reconstituir a trajetória do Chico. O filme - assim como o livro - não quer doutrinar ninguém. Quem espera uma ode a Chico Xavier vai se surpreender", diz o autor.

Mesmo oito anos após morrer (em 2002, no dia em que o Brasil conquistou sua quinta Copa do Mundo), o médium ainda é uma figura polêmica. 'Para muitos brasileiros - a maioria, acho - é um santo. Para outros, uma fraude, ao atribuir a espíritos textos escritos por ele mesmo', avalia Souto Maior. O espiritismo, religião da qual foi o principal líder, é seguido por 1,3% da população brasileira, segundo o IBGE.

Chico tornou-se conhecido em 1932, com a publicação do livro 'Parnaso de Além Túmulo', que trazia poemas que lhe teriam sido psicografados por poetas como Castro Alves e Olavo Bilac. Desde então, teve mais de 400 livros publicados. 'Nosso Lar' é o mais importante: com mais de dois milhões de exemplares vendidos desde 1944, é referência na descrição do chamado 'plano espiritual'.

Souto Maior acompanhou as filmagens de 'Chico Xavier' e estaca a caracterização de Nelson Xavier. 'Eu o chamei de Chico várias vezes sem querer. Ele riu e me disse que não fui o único', lembra. Ele também ficou impressionado com Christiane Torloni. Ela interpreta uma mãe que perdeu o filho, situação que realmente viveu há 18 anos. "Ela teve a generosidade de mostrar sua própria dor no filme", conta.

Também não faltaram situações difíceis de explicar. 'A equipe precisava de um cachorro para o filme e não conseguia encontrar um adequado. Mas havia um vira-lata que sempre seguia a equipe e, um dia, decidiram testá-lo e ele foi muito bem. Aí foram atrás do dono e adivinhe qual era o nome do cachorro? Chico', diz Souto Maior.

O diretor Daniel Filho tem outra história curiosa. Durante as filmagens numa fazenda em Paulínia, na região de Campinas, uma forte chuva caía sobre toda a região. Menos na área onde o filme era rodado. 'Assim que disse ‘corta’ e nos arrumamos pra sair, começou a chover ali também. Muitos acham que isso foi de Chico', conta o cineasta".

Veja abaixo vídeo:

3 comentários:

Maria José disse...

Adélia. Que bom ver aqui neste maravilhoso e sério blog a chamada para este filme. Estamos ansiosos para vê-lo. Acredito que será um grande filme, pois Chico foi um grande homem. Beijos, amiga e obrigada sempre por sua amizade e por suas palavras de carinho.

Aparecida disse...

Oi Adélia. Parece boa a idéia do filme sobre chico xavier e importante também é espiritualizar o maior número de pessoas. Beijo.

Jeanne disse...

Se for bem feito como imagino, vai ser um filme inesquecível, como inesquecível foi Chico Xavier, que teve uma vida lindíssima, ainda que marcada por muito sofrimento.
Depois de Cristo, o maior exemplo a ser seguido.
Quando estou precisando de inspiração, releio o livro do Marcel Souto Maior, pra mim, a melhor e mais completa biografia do nosso amado Chico.
Beijos