sábado, 6 de março de 2010

Uma Grande Sinfonia...

- Arianhord -


"Schopenhauer (...) assinala quando a pessoa chega a uma idade avançada e evoca sua vida, esta parece ter seguido uma ordem e um plano, como se fosse criada por um romancista. Acontecimentos que na época pareciam acidentais e irrelevantes manifestavam-se como fatores indispensáveis à construção de uma trama coerente.

Quem compôs essa trama? Schopenhauer sugere que, assim como nossos sonhos abrangem aspectos de nós mesmos desconhecidos por nossa consciência, toda nossa vida é composta pela vontade que há dentro de nós. E assim como pesoas conhecidas por acaso transformam-se em agentes decisivos na estruturação de nossa vida, nós também servimos inadvertidamente como agentes, dando sentido a vidas alheias.

A totalidade desses elementos une-se como em uma grande sinfonia, e tudo se estrutura inconscientemente (...) o sonho grandioso de um único sonhador, onde todos os personagens do sonho também sonham...

Todos os elementos mantêm uma relação mútua, e assim não podemos culpar ninguém por nada. É como se houvesse uma intenção única atrás de tudo isso, uma intenção que sempre adquire certo sentido, embora nenhum de nós saiba qual é ou se viveu a vida que se propunha a viver".




Autoria: Joseph Campbell; Los Mitos
Citação feita por: Eduardo Zancolli; O Mistério das Coincidências

Imagem:
www.rosanevolpatto.trd.br/Arianrhod



5 comentários:

Denise B.L. Araújo disse...

"Schopenhauer, o maldito"...um sujeito que abordou a vida sob uma ótica amarga - para tantos - ensina aqui nesta mensagem, que era lúcido e coerente.

"Todos os elementos mantêm uma relação mútua, e assim não podemos culpar ninguém por nada" desbanca a tendência a negar as próprias participações, voluntárias ou não, aos eventos da vida.

Nem todos fazem o caminho sobre os próprios passos para compreender coisas que a maturidade favorece, como sugere Shopenhauer, e deixam de beneficiar-se com a compreensão implícita e gratidão pelos eventos que, tal qual faróis, apontaram ensinamentos que eram necessários ser vividos, para serem agregados à escalada evolutiva...

Como sempre, Adelia, escolha perfeita do tema. Obrigada por reforçar aquilo que tenho entendido ultimamente como grandes lições!

Beijo carinhoso e excelente fds!

Aparecida disse...

Acredito que é somente na idade avançada que paramos pra analisar nossa própria vida, as vezes tão sem sentido e que independente da nossa vontade segue seu curso entrelaçada com muitas outras vidas que nos influenciam da mesma forma que influenciamos a vida dessas pessoas.Somos co-autores da vida inconsciente da humanidade e a vida segue seu curso... Adélia,gostaria que viesse conhecer meu novo blog, esse bem mais simples, sem compromisso . Se gostar ofeereço o award e a lembrança da inauguração. Beijo.

Jorge disse...

Lia, Meu Anjo!!!!

Feliz dia Internacional da Mulher!!

Com amor e saudade,

Deste teu eterno amigo e fã!
Jorge

Maria José disse...

Mulher...
Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis
Que divide sua alma em duas
Para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar
Mulher...
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família
Mulher...
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço
Mulher...
Que chora e que ri
Mulher que sonha...
Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas,
amadas, admiradas todos os dias...
Para você, Mulher tão especial...
Feliz Dia Internacional da Mulher!
Beijos.

Tereza Kawall disse...

LIndo texto Adélia, e a imagem então, mais encantadora não poderia ser, parabéns!
Tereza