segunda-feira, 17 de agosto de 2009

PALCO DA VIDA



Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não se esqueça de que sua vida é a maiorempresa do mundo.

Só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam,
admiram e torcem por você.

É importante que você sempre se lembre de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes,
trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de você.
É ter maturidade para falar: "eu errei".
É ter ousadia para dizer "me perdoe".
É ter sensibilidade para confessar: "eu preciso de você".

Ser feliz é ter a capacidade de dizer "eu te amo".

Desejo que a vida seja um canteiro de oportunidades para você...

Que nas suas primaveras você seja amante da alegria.

Que nos seus invernos seja amigo da sabedoria.

E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo.
Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
E descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita, mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.

Aproveitar as perdas para refinar a paciência, as falhas para esculpir a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer e os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível,
ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.


"Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."




Autoria: Augusto Cury

Texto enviado por: Simone
Imagem:

www.viviano.com/store/itemdetail.asp?id=2547


5 comentários:

Jeanne disse...

Show este texto, muito inspirador!
esta percepçào de sermos autores da própria existência é independente de idade, impressionante como tem jovens que já entenderam, e idosos comportando-se como crianças!
O texto de hoje lá do blog fala sobre isto, mas não de maneira tão bonita e completa.
Boa semana, beijos

PHeu* Liz disse...

Eu amei esse texto! de quem é?

Aninha disse...

Texto perfeeeito!!! É seu?? Boa semana!!!

Jorge disse...

Lia, belo post!
É claro, pelo texto, que somos os responsáveis por nossa felicidade.
Adorei!!!

Beijo,

Jorge

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

O Texto não é meu. Pesquisando na Internet, encontrei como sendo de Augusto Cury. Mas, verifiquem e confirmem se é isto mesmo. Caso contrário, me informem, por favor.