segunda-feira, 12 de julho de 2010

Pacto Com Si Mesma



"Ao contrário do que as pessoas costumam pensar, harmonia interior não é ausência de conflito, e sim saber lidar com eles, sem se deixar dominar.

Nossa existência é dinâmica e marcada por transformações. Por isso, não podemos temer as mudanças e as crises.

Claro que a capacidade de tolerar dificuldades varia de acordo com as etapas da vida. À medida que o indivíduo intensifica o autoconhecimento, essa tarefa vai se tornando menos complicada.

Vale lembrar que a terapia não é o único caminho para se conhecer.

Bons amigos e experiências emocionais, como aquelas proporcionadas pela literatura e pelo cinema, fazem toda a diferença.

O que não podemos é fechar os olhos para a desarmonia. Fugir não resolve a questão, pois as emoções não evaporam. Pelo contrário, sempre procuram um canal de expressão.


Portanto, precisamos estar atentas a três atitudes que, em geral, trazem insatisfação.

A primeira é dar atenção demasiada às coisas não realizadas. Essa postura empobrece a vida que temos hoje. Ora, se você fez escolhas, aposte todas as fichas nelas e não perca energia fantasiando acerca das opções descartadas.

Igualmente prejudicial é a busca por aceitação. Em nome dela, as pessoas costumam abandonar seus próprios valores e desejos para adotar referenciais alheios.

Por fim, não podemos nos esquecer de nos indagar periodicamente se os planos de ontem ainda fazem sentido hoje. Com esses cuidados, podemos alcançar momentos de harmonia, traduzidos em uma atitude de abertura para o novo, com a consciência plena de que a vida vale a pena".




Autoria: Lidia Aratangy

Imagem:

http://www.murrellcustomcues.org/LauraMDesigns


5 comentários:

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee...menina, estes tres puxões de orelha básico no final do texto,é ótimo pra começar a semana.
Obg poir compartilhar esta reflexão.
Bjss♥

Jorge disse...

Lia,
muito bom este texto. As escolhas devem ser feitas sem impulsividade. Com ponderação e bom-senso, a escolha não causará dilemas e arrependimentos pois foi feita com consciência.

Doce ANjo, beijo teu coração com muita saudade!!!

vanderlei disse...

Nossa quanta sensibilidade nesse post Adelia, desculpe chama-la assim mas amei seu blog, sua história de vida e principalmente sua profissão que escolhi para mim, mas não realizei esse sonho, cheguei ao terceiro periodo e tive que disistir por problemas mil, mas aqui tudo é lindo maravilhoso mesmo, "O dar atenção demasiada às coisas não realizadas, é de uma profundidade excelente parabens, bjs no coração e claro estou seguindo seu blog, quando der venha me visitar, temos algo em comum(Reflexões).
Vanderlei

Tereza Kawall disse...

AAAAAAHHHHH, que bom ver aqui seus novos posts, não nos abandone, hein?
Treinar o discernimento, todos os dias, fortalecer o espírito, a alma.
Um bj
Tereza

Talita disse...

Olá Adelia, gostei muito do seu blog, parabéns.

Todo o post é ótimo, mas eu gostaria de comentar uma frase em especial: "Nossa existência é dinâmica e marcada por transformações. Por isso, não podemos temer as mudanças e as crises."

Eu acredito que as maiores mudanças em nossas vidas ocorrem durante as crises, já que elas exigem de nós reflexão, superação e ação, e a partir daí nós evoluimos...

Muita Paz.

Talita Silveira